Decolonizando o pós-colonial? Patrimônios em disputa

ECHOES Congresso Internacional

29 de Setembro – 01 Outubro 2020, Rio de Janeiro (Brasil)

 

Atenção!

Devido à pandemia do COVID-19, as/os organizadoras/es da Conferência Internacional ECHOES “DECOLONIZANDO O PÓS-COLONIAL? PATRIMÔNIOS EM DISPUTA” (Rio de Janeiro, 29 de setembro a 1 de outubro de 2020) estão a considerar se e como o evento precisará de ser remarcado ou reformulado. Uma decisão será tomada e comunicada durante o mês de maio 2020. Agradecemos a compreensão.
 

Sítio Arqueológico do Cais do Valongo, Rio de Janeiro © Oscar Liberal.

For English press here

Lugar
Universidade Federal do Estado do Rio de Janeiro, Rio de Janeiro, Brasil
Centro de Ciências Humanas – Avenida Pasteur, 458 – Urca

Dadas
29 de Setembro 2020 – 1 Outubro 2020

Participação
Gratuita

Palestrantes convidados/as
● Alissandra Cummins
● Antonio Augusto Arantes
● Boaventura de Sousa Santos
● Rosana Paulino

Visitas técnicas
Cais do Valongo / Pedra do Sal / Instituto dos Pretos Novos
Mediação pelas lideranças locais

Objectivo e âmbito de aplicação

O projeto de investigação ECHOES aborda um dilema premente no coração da Europa contemporânea: o fato de que, embora a história dos impérios e do colonialismo constitua, sem dúvida, um passado europeu compartilhado, esse passado permanece estranhamente silencioso nas narrativas oficiais sobre o patrimônio Europeu, sobre as coisas a preservar para as gerações futuras. Nesse cenário, argumentamos que a União Europeia precisa urgentemente não apenas reconhecer esse dilema, mas incluí-lo de forma reflexiva e progressiva no cerne de sua identidade, em diálogo com as culturas pós-coloniais.

A Conferência ECHOES visa subsidiar diálogos interculturais baseados na perspectiva decolonial/pós-colonial das relações coloniais. O evento desafia os/as participantes a pensar como o espaço decolonial/pós-colonial, em cidades constituídas em ambos os lados da relação colonial, é invadido pela continuidade das formas coloniais, que em alguns casos são perpetuadas e em outros são confrontadas pelas culturas e cidadãos/ãs locais. Além disso, a conferência questiona os usos da cultura e do patrimônio em cidades entrelaçadas, para debater como enfrentar as formas de colonialismo existentes no espaço pós-colonial.

O objetivo do ECHOES é mostrar que, por meio de atividades criativas envolvendo o legado colonial em cidades europeias e não europeias ainda imbuídas de múltiplos vestígios do passado colonial, é possível identificar práticas de patrimonialização emancipatórias.

A conferência reúne vários palestrantes, acadêmicos/as e lideranças locais que dinamizarão as principais sessões do programa e também as visitas técnicas. Será garantido o amplo espaço para debates com estudantes, artistas, especialistas, ativistas, artivistas e agentes locais.

Contacto